UFPB

Estudantes da UFPB fazem posse simbólica de reitora mais votada

Nomeado ficou em 3° lugar na eleição interna

11/11/2020 09h59
Por: Redação
Fonte: Blog do Márcio Rangel

Os estudantes que protestam contra a nomeação do professor Valdiney Veloso para o cargo de reitor da UFPB, feita pelo Governo Federal, fizeram na noite desta terça-feira (10) uma cerimônia de posse simbólica da professora mais votada durante a consulta eleitoral, Terezinha Domiciano, em ato realizado em frente ao prédio da reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Enquanto isso, Valdiney Veloso, que foi o menos votado, mas acabou nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro, deve tomar posse oficialmente nesta quarta-feira (11).

Os estudantes ocupam a reitoria da UFPB desde às 21h última quinta-feira (5). Nesta terça-feira (10), organizaram uma programação com atividades de yoga, debates, oficinas, shows e posse simbólica da professora Terezinha Domiciano.

A mais votada na consulta, aliás, estava presente. Agradeceu pelo apoio e disse que aquela era a posse que ela queria: em local aberto, em contato com toda a comunidade acadêmica. “Eu quero ser ouvida. Vocês estão aqui fazendo a universidade conosco, juntos”, declarou ela.

Depois, disse que não vai recuar e que vai continuar pressionando para que seja reconhecida oficialmente como reitora. “Estamos aqui com esse compromisso com vocês. Para dizer que não acabou. É compromisso de vida. Não temos como voltar atrás”, pontuou.

Depois, disse que todos precisam seguir unidos, lutando:

“Vamos caminhar juntos. E vamos continuar lutando para que essa universidade e esse país respeitem a democracia”, declarou Terezinha Domiciano.

Nomeação de reitor da UFPB

O professor Valdiney Veloso foi anunciado como novo reitor na quinta-feira (5), em publicação do Diário Oficial da União. Ele foi o último colocado nas eleições feitas em 26 de agosto, com 106,496 pontos, enquanto a professora Terezinha Domiciano, primeira colocada, teve 964,518 da soma ponderada e normalizada dos votos.

A nomeação do novo reitor foi recebida com desagrado pela comunidade acadêmica. Em nota, a Diretoria do Sindicato dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba repudiou a nomeação. Estudantes, professores e servidores também realizaram um ato na quinta-feira (5).

Nesta terça-feira (10), a Justiça determinou reintegração de posse em campus da UFPB. O estudante Daniel Sousa, um dos manifestantes, afirma que o jurídico deles já foi acionado, assim como o Núcleo de Direitos Humanos da UFPB. O grupo já está em contato com um advogado para recorrer da decisão.