Eleições 2020

Site PB Agora divulga pesquisa, mas não inclui os votos da zona urbana de Massaranduba

Instituto Datavox teve pesquisas suspensas em diversos municípios

12/11/2020 19h17
Por: Redação

Na manhã desta quinta-feira (12), o site PB Agora divulgou uma pesquisa realizada pelo instituto DATAVOX, para o município de Massaranduba.

Ao todo, foram realizadas 400 entrevistas, com uma margem de erro de 4,9%. Ao contrário do que ocorreu em relação a pesquisas divulgadas para outros municípios, o PB Agora dividiu o conteúdo da pesquisa em três matérias: a primeira para apresentar as intenções de voto, a segunda para apresentar a rejeição e, ainda, uma terceira, para apresentar a aprovação do governo, o que indica que havia muito interesse em torno deste tema.

Contudo, há um forte indício de fraude, ou, numa linguagem mais cautelosa, há um equívoco que certamente causou prejuízos enormes ao resultado final da pesquisa.

Trata-se da ausência de amostras da zona urbana do município. Ou seja, simplesmente esqueceram de incluir a zona urbana como parte do município de Massaranduba. Vejamos abaixo um print do site PB Agora, às 19:50 desta quinta-feira, 12/11/2020. Acesse também a página do PB Agora e veja você mesmo. 

 

 

Pois bem, conforme consta no próprio site PB Agora, o município de Massaranduba foi dividido em 4 regiões, sendo elas:

 

– Região 1 – Santa Terezinha, Cajazeiras, Cardoso de Baixo, Cardoso de Cima, Fazenda Luciano, Barreto, Torres, Laranjeiras, Muribeca, Cafula e Rabada;

 

– Região 2 – Chupadouro, Lagoa do Cumbe, Riacho Fundo, Embiras, Gameleira, Jucá Velho, Mulungú, Cachoeira do Gama, Caiana, Jacú e Doze;

 

– Região 3 – Gravatá, Canta Galo, Salgadão, Cachoeira de Pedra Dágua e São Miguel;

 

– Região 4 – Barro Vermelho, Várzea Grande, Aningas, Tigre, Nicolândia, Alvorada e Chã do Marinho

 

Conforme visto acima, a zona urbana não está incluída em nenhuma das 4 regiões, e isto não é aceitável, pois na zona urbana daquele município, segundo dados do próprio tse, moram quase 50% dos eleitores massarandubenses.

Este mesmo critério também está explícito nas duas outras matérias publicadas pelo mesmo site: Aprovação do governo e Rejeição.