Corona Vírus

Pela primeira vez na história, praça São Pedro não receberá fiéis para as celebrações da Semana Santa

O continente europeu é um dos mais afetados

15/03/2020 06h50Atualizado há 3 meses
Por: Fabrício Vieira
Papa Francisco durante a bênção ‘Urbi et Orbi’ a partir da varanda da basílica de São Pedro, na Páscoa do ano passado9 — Foto: Vaticano / via AFP Photo
Papa Francisco durante a bênção ‘Urbi et Orbi’ a partir da varanda da basílica de São Pedro, na Páscoa do ano passado9 — Foto: Vaticano / via AFP Photo

O Vaticano anunciou, neste domingo, dia 15, que as celebrações alusivas à Semana Santa não serão abertas ao público, devido à alta propagação do corona vírus. 

“Devido à atual emergência sanitária, todas as celebrações litúrgicas da Semana Santa serão realizadas sem a presença física dos fiéis”, afirmou o Vaticano.

"Da mesma forma, comunicamos que domingo, 12 de abril de 2020, a recitação do ‘Angelus’ pelo papa Francisco será transmitida apenas via ‘streaming’"

Desde a última semana, o Papa Francisco vem tomando precauções, em função da pandemia. Já o Vaticano, seguindo orientações das autoridades, fechou a basílica e a praça São Pedro.